Caldo de legumes

Ontem fui às compras, havia uma promoção de tomate e decidi comprar 5kg de tomate para fazer tomate confite. A ideia é congelar separadamente para poder ir fazendo tarte de tomate e queijo de cabra durante a semana porque é rápida e fácil de fazer uma vez que o tomate está preparado.

Depois de ter lavado e tirado o interior de 5kg de tomate, olhei para os interiores e fiquei a pensar no que poderia fazer com tanto resto de tomate. Lembrei-me duma receita de caldos de galinha que vi esta semana no blog duma amiga, inspirei-me e fiz caldo de legumes. Os ingredientes não serão os mesmos nem sempre nem para toda a gente. Os ingredientes neste caso foram restos de legumes e ervas aromáticas que tinha no frigorífico e no congelador.


Ingredientes:
- interior de 5 kg de tomate (aproximadamente 1 litro);
- 3 a 4 cenouras;
- 100 g de aipo-rábano;
- duas cebolas pequenas;
- 4 a 5 dentes de alho;
- resto de salsa congelada;
- resto dum pacote de cerefólio seco;
- 50 ml de vinho (usei vinho do Porto branco);
- 200 g de sal.

Deitar tudo na Bimby, cozer durante 30 a 45 minutos na temperatura Varoma e velocidade "colher inversa", substituindo o copinho pelo cesto para que o líquido do tomate evapore. Se este não evaporar e no fim da cozedura a mistura ainda estiver muito líquida, escorrer o líquido com a ajuda do cesto. Desfazer em papa durante 30 segundos na velocidade 10. Deitar em frascos herméticos, identificar e fechar ainda quente, esterilizar caso seja necessário. Guardar no frigorífico após a abertura do frasco.

Esterilização: após fechar os frascos, colocá-los numa panela com água a ferver e deixar esterilizar durante aproximadamente 30 minutos. Desta forma, o caldo (ou doce ou compota) conserva-se durante muito tempo no frasco fechado. Eu só esterilizo quando utilizo frascos reciclados, quando uso frascos novos não o faço porque os que uso não requerem esterilização.